Opinião

José Manuel Pureza

Uma nova respiração

Há movimento social em Portugal. A manifestação de jovens na Avenida da Liberdade contra a violência racista, a greve feminista e a greve estudantil pelo clima mostram essa nova vitalidade do movimento social, a sua criatividade propositiva e a sua determinação transformadora. E, mais que tudo, têm a força irreprimível da juventude.

Francisco Cordeiro

Vida ou lucro?

A polémica sobre a Celtejo foi-se diluindo com o tempo, mas os problemas de poluição no rio Tejo têm persistido.

Helena Pinto

Aborto: 2007 – Quando a dignidade venceu o obscurantismo

Dez anos depois: menos abortos, menor reincidência, mais contracepção, zero de mortalidade materna.

Carlos Matias: "Discurso do CDS sobre incêndios não passa de um esbracejar inconsequente"

Luís Gomes, Vereador do Bloco de Esquerda alertou para o progressivo desaparecimento da passadeira na EN114-3 junto ao quartel dos Bombeiros e de acesso à zona desportiva de Salvaterra, o qual tem colocado em risco todos quantos habitualmente utilizam aquela passagem. Também a sinalização não está bem colocada o que tem aumentando a perigosidade da via.

O Vereador Luís Gomes apresentou, em reunião de câmara, duas propostas de recomendação, para a promoção de uma campanha de esclarecimento e identificação da Vespa Velutina, bem como da proteção da população de abelhas, tendo ambas sido aprovadas por unanimidade. Já a proposta de criação de apiários comunitários, como suporte a um plano de proteção da polução de abelhas, foi recusada pelos votos da maioria socialista.

O Bloco de Esquerda obteve unanimidade na proposta destinada a aprovar a recomendação à entidade gestora da água no concelho, a empresa Águas do Ribatejo, da inclusão no lote de análises à presença de pesticidas, de uma destinada a averiguar a presença de glifosato na água de consumo e que a mesma seja de informação pública.

Principal zona de lazer da Freguesia em completo abandono, matagal e falta de manutenção espelham a falta de interesse do Executivo Municipal pelos habitantes de Muge.

O deterioramento das estradas do concelho está a atingir níveis preocupantes, no entanto, na vila da Glória do Ribatejo, que tem sido deixada ao abandono pelo Executivo municipal, o ponto critico já foi ultrapassado há muito tempo, atingindo uma situação lamentável a todos os níveis, tendo a população plantado, simbolicamente, couves para demonstrar o nível de ridículo a que se chegou.

Páginas