Opinião

Carlos Matias

O populismo também é incendiário

O populismo insinua-se na análise das causas e das soluções para os incêndios rurais; simplifica o que é complexo, apontando uns quantos “culpados”, apregoa umas receitas de cartilha, elide os interesses em confronto e foge à definição concreta do conteúdo das “reformas” por fazer. Ora, aqui é que “bate o ponto”….

José Manuel Pureza

Uma nova respiração

Há movimento social em Portugal. A manifestação de jovens na Avenida da Liberdade contra a violência racista, a greve feminista e a greve estudantil pelo clima mostram essa nova vitalidade do movimento social, a sua criatividade propositiva e a sua determinação transformadora. E, mais que tudo, têm a força irreprimível da juventude.

Francisco Cordeiro

Vida ou lucro?

A polémica sobre a Celtejo foi-se diluindo com o tempo, mas os problemas de poluição no rio Tejo têm persistido.

O Bloco de Esquerda apresentou e fez aprovar por unanimidade, em reunião de câmara, uma moção para que se pressione os orgãos competentes a avançar com o processo de reposição de freguesias. Temos muito apreço pelos movimentos de cidadãos que por todo o país, e particularmente no nosso concelho, não desistem da justa reivindicação de recuperar a sua freguesia. Consideramos que está mais que na hora de corrigir erros grosseiros da legislação em vigor e, como tal, a alteração à lei deverá ocorrer a tempo de efetivamente entrar em vigor nas próximas eleições autárquicas.

O Bloco de Esquerda gostaria de saber o que é que o Presidente da câmara vai desta vez inventar para tentar justificar o atraso de mais de 7 anos na realização de um concurso para o titular do cargo de chefe de divisão administrativa na câmara municipal de Salvaterra de Magos. Não fosse esta situação tão absurda, acrescentamos que o concurso foi lançado há quase 2 anos, em abril de 2019 e nada sabemos acerca do mesmo e o que é que está a ser “cozinhado” no gabinete do Presidente.

O Bloco de Esquerda vem perguntar uma vez mais como está o processo dos dois projetos de produção de cannabis para fins medicinais prometidos para o nosso concelho? Já saíram do papel? Ou continuamos, mais uma vez, a fazer arrastar projetos que possam trazer desenvolvimento para o nosso concelho, tanto a nível de criação de riqueza como de novos postos de trabalho.

O Bloco de Esquerda vem lamentavelmente informar que contrariamente ao que afirmou o Presidente do município, estamos com uma situação epidemiológica extremamente grave, com já perto dos 1500 casos por 100.000 habitantes, o que se traduz em mais de 300 casos ativos e perto de 400 em vigilância ativa. Continuamos a lamentar que a desorientação do Presidente o impeça de tomar medidas que ajudem efetivamente os cidadãos deste concelho.

O Bloco de Esquerda acusa o Presidente do município de falhar promessas atrás de promessas. Já passaram cerca de 2 anos, desde que, em resultado de um acidente, foram derrubadas as proteções do dique da barragem de magos. Esta é uma estrada de grande circulação no interior do concelho e essencial para ligar os Foros de Salvaterra, Marinhais, Glória do Ribatejo e Granho. Tudo continua igual apesar das muitas promessas efetuadas.

Páginas