Opinião

Carlos Matias

O populismo também é incendiário

O populismo insinua-se na análise das causas e das soluções para os incêndios rurais; simplifica o que é complexo, apontando uns quantos “culpados”, apregoa umas receitas de cartilha, elide os interesses em confronto e foge à definição concreta do conteúdo das “reformas” por fazer. Ora, aqui é que “bate o ponto”….

José Manuel Pureza

Uma nova respiração

Há movimento social em Portugal. A manifestação de jovens na Avenida da Liberdade contra a violência racista, a greve feminista e a greve estudantil pelo clima mostram essa nova vitalidade do movimento social, a sua criatividade propositiva e a sua determinação transformadora. E, mais que tudo, têm a força irreprimível da juventude.

Francisco Cordeiro

Vida ou lucro?

A polémica sobre a Celtejo foi-se diluindo com o tempo, mas os problemas de poluição no rio Tejo têm persistido.

Carlos Matias: "Discurso do CDS sobre incêndios não passa de um esbracejar inconsequente"

O Bloco de Esquerda está severamente preocupado com a falta de cuidado nas intervenções do Executivo Municipal, na freguesia de Marinhais, pois tanto as intervenções nas estradas de terra batida, como a limpeza das valas, acabaram por criar novos problemas aos munícipes. Também a ausência de saneamento em zonas da vila, bem como a ausência de repavimentação no sobrante da EN367 motivam o desagrado pela falta de interesse.

Depois de várias intervenções dos eleitos do Bloco de Esquerda, com o objetivo de pressionar o Executivo Municipal a promover a limpeza de uma via de comunicação estruturante, como é a estrada das malhadinhas, nos Foros de Salvaterra, finalmente essa intervenção ocorreu para satisfação de todos os utilizadores daquela estrada.

Câmara de Salvaterra repete e amplia asneira cometida nas podas das árvores. O Bloco de Esquerda manifesta o mais profundo desagrado em relação a esta péssima gestão das intervenções efetuadas, bem como das declarações do Presidente, que indicou que por vontade própria tinha arrancado todas estas árvores, tendo sido desaconselhado dessa ideia pelos serviços do município.

O Bloco de Esquerda apresentou uma recomendação, em reunião de Câmara, para apresentação à Assembleia da República, tendo a mesma sido aprovada por unanimidade dos presentes, no sentido de facilitar o apoio aos idosos através do fim da norma que limita o Complemento Solidário para Idosos através da inclusão da ponderação do rendimento dos filhos.

Uma nova proposta de alteração do transito na freguesia de Muge, foi o mote para que o Bloco de Esquerda se insurgisse perante tamanha ausência de análise e planeamento perante a quantidade de erros que se podem encontrar. Tendo em conta que no mandato anterior já tinham sido promovidas alterações significativas, não tem sentido estar a modificar algo que deveria ser estável e duradouro.

Páginas