Opinião

Carlos Matias

O populismo também é incendiário

O populismo insinua-se na análise das causas e das soluções para os incêndios rurais; simplifica o que é complexo, apontando uns quantos “culpados”, apregoa umas receitas de cartilha, elide os interesses em confronto e foge à definição concreta do conteúdo das “reformas” por fazer. Ora, aqui é que “bate o ponto”….

José Manuel Pureza

Uma nova respiração

Há movimento social em Portugal. A manifestação de jovens na Avenida da Liberdade contra a violência racista, a greve feminista e a greve estudantil pelo clima mostram essa nova vitalidade do movimento social, a sua criatividade propositiva e a sua determinação transformadora. E, mais que tudo, têm a força irreprimível da juventude.

Francisco Cordeiro

Vida ou lucro?

A polémica sobre a Celtejo foi-se diluindo com o tempo, mas os problemas de poluição no rio Tejo têm persistido.

O Bloco de Esquerda está já, infelizmente, habituado aos ataques que sofre por defender o concelho e todos os seus munícipes de uma gestão demagógica e incompetente, que tem colocado Salvaterra de Magos cada vez mais no fundo. O nervosismo nas hostes socialistas é assim indisfarçável com o recurso recente à mentira e à calunia. Assim, aqui deixamos apenas algumas das várias dezenas de propostas construtivas, que apresentámos nos últimos meses, relativamente à saúde e à gestão desta crise pandémica no nosso concelho.

O Bloco de Esquerda vem mais uma vez interceder junto do executivo para que a todas as coletividades seja dado tratamento igual. A escola de musica de Salvaterra de Magos não pode ser considerada menor em relação às restantes do concelho. Estamos a falar de uma escola de música com perto de 200 alunos que continuam como o caracol, com a «casa ás costas», não possuindo condições dignas e permanentes.

O Bloco de Esquerda vem lamentar as decisões tardias sobre e a questionar o porquê de termos perdido seguramente meia dúzia de anos no apoio medicamentoso que poderíamos ter dado a quem se encontrasse em situação de carência económica, se o Presidente e respetivo executivo socialista tivessem aprovado qualquer uma das várias propostas apresentadas pelo BE em reunião de câmara. Isto tudo a propósito da parceria recentemente estabelecida com a Associação Dignitude. Esperemos que este prejuízo dos cidadãos do concelho não tenha sido provocado apenas e só por despeito de as propostas anteriores terem sido da autoria do Bloco de Esquerda. De qualquer forma, embora tardia, é uma boa noticia.

O Vereador Luís Gomes interveio em nome do Bloco de Esquerda em reunião de câmara, para assinalar O Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres que se celebra todos os anos a 25 de novembro. Esta data visa alertar a sociedade para os vários casos de violência contra as mulheres, nomeadamente casos de abuso ou assédio sexual, maus tratos físicos e psicológicos. Nunca nos esqueçamos, porque esquecer é contribuir para mais violência.

O Bloco de Esquerda vem novamente reafirmar que é inaceitável que no concelho de Salvaterra de Magos a informação do município seja transmitida e concentrada no facebook pessoal do presidente de câmara. A necessidade de informação das medidas e esclarecimentos à comunidade pelos meios oficiais, de forma regular, exigente e transparente é premente, agora não podemos cair no ridículo, quando as citações dos jornalistas que noticiam informações do nosso concelho mencionam: fonte Hélder Esménio.

Páginas