Opinião

Carlos Matias

O populismo também é incendiário

O populismo insinua-se na análise das causas e das soluções para os incêndios rurais; simplifica o que é complexo, apontando uns quantos “culpados”, apregoa umas receitas de cartilha, elide os interesses em confronto e foge à definição concreta do conteúdo das “reformas” por fazer. Ora, aqui é que “bate o ponto”….

José Manuel Pureza

Uma nova respiração

Há movimento social em Portugal. A manifestação de jovens na Avenida da Liberdade contra a violência racista, a greve feminista e a greve estudantil pelo clima mostram essa nova vitalidade do movimento social, a sua criatividade propositiva e a sua determinação transformadora. E, mais que tudo, têm a força irreprimível da juventude.

Francisco Cordeiro

Vida ou lucro?

A polémica sobre a Celtejo foi-se diluindo com o tempo, mas os problemas de poluição no rio Tejo têm persistido.

O Bloco de Esquerda, através do vereador Luís Gomes pediu ao executivo socialista, mais uma vez, contenção no uso de água da rede pública para as regas dos espaços verdes, principalmente nos muitos casos de desperdício em que se rega alcatrão em vez de zonas verdes. Em face da recente recomendação de contenção no uso, da empresa Águas do Ribatejo, e visto que este verão tem sido particularmente quente, exige-se que o executivo cumpra as instruções da empresa da qual faz parte.

O Ministério da Educação anunciou recentemente o ranking das Escolas portuguesas, no entanto o que mais importa neste contexto de pandemia é realçar o papel extraordinário e heroico de toda a comunidade escolar e a forma como respondeu às dificuldades colocadas pelo ensino à distância. Deixamos aqui a nossa homenagem a toda a comunidade escolar, aos professores, auxiliares, encarregados de educação, alunos e respetivas famílias, nesta resposta e adaptação às dificuldades destes tempos novos. E como sabemos sem o apoio que se exigia do nosso município.

O Presidente mentiu de forma clamorosa, e o Bloco de Esquerda junta-se assim ao coro de protestos e indignação dos amantes do Taekwondo, apelando veementemente que se cumpra a palavra e o protocolado, se entre em conversações de forma a solucionar os problemas causados e garanta a continuidade desta modalidade desportiva para a próxima época. Estamos certos da injustiça que está em curso e estaremos na linha da frente na defesa de condições para a prática desportiva amadora.

Depois de pedir à comunidade escolar para dar a volta à Igreja dos Foros, Presidente dá o “braço a torcer” e avança com recomendação do Vereador Luís Gomes. O Bloco de Esquerda congratula-se assim, pelos arranjos urbanísticos nos acessos ao Centro Escolar de Foros de Salvaterra e Várzea Fresca. Uma verdadeira necessidade para a comunidade escolar em que apenas ficou a faltar uma paragem segura e condigna para os utilizadores dos transportes públicos.

O Bloco de Esquerda questionou o Ministro do Ambiente e Ação Climática, com base numa noticia do Bloco Salvaterra, (que podem ler aqui https://salvaterrademagos.bloco.org/content/executivo-esbanja-orcamento-em-empresa-que-viola-direitos-dos-trabalhadores) acerca do mau serviço fornecido pela empresa Ribatejana Verde, nomeadamente no constante incumprimento, supressão de carreiras de forma aleatória, não cumprindo os contratos de serviço público, sem garantindo regras de segurança e higiene essenciais nesta fase da pandemia.

Páginas